Warning: include_once(/home/lanuxland/lanux.com.br/wp-content/plugins/wordpress-support/wordpress-support.php): failed to open stream: Permission denied in /home/lanuxland/lanux.com.br/wp-settings.php on line 211

Warning: include_once(): Failed opening '/home/lanuxland/lanux.com.br/wp-content/plugins/wordpress-support/wordpress-support.php' for inclusion (include_path='.:/usr/local/lib/php:/usr/local/php5/lib/pear') in /home/lanuxland/lanux.com.br/wp-settings.php on line 211
// LanuxLand 101 » 2006 » June
Too lazy to be ambitious, I let the world take care of itself. Ten days' worth of rice in my bag; a bundle of twigs by the fireplace. Why chatter about delusion and enlightenment? Listening to the night rain on my roof, I sit comfortably, with both legs stretched out. - Zen Master Ryokan (1758–1831)

Control Z açucarado

Posted: June 20th, 2006 | Author: | Filed under: Textos | 7 Comments »

Isabela olha o dia que chega devagar… qual andorinha chapada pastorando o trânsito. Koan zen em porta-copos de papelão. Blogar isso, linkar aquilo.

Chove dentro do seu SyncMaster 17″ e ela não percebe. Pingos de chuva actionscript escorrem sem umidade sobre as tags do site ao lado. E tags são meninas tímidas, você sabe.

- Skip intro, darling…

- Um chá com dub e um pão de ló para enfeitar, pls.

São assim as manhãs na casa dela: devaneios de aurora. Nem sim, nem não. O tempo pára e a platéia questiona: Pra que a pergunta, tio… pra que a pergunta?


In a nutshell

Posted: June 14th, 2006 | Author: | Filed under: Textos | 3 Comments »

- Minha vida só acumula. É que há tanta coisa a ser feita que quando eu penso, desisto…

- Percebeu o erro?

- …

- Não é esse, rapaz… Olha de novo…


Desondulação Ma Non Troppo

Posted: June 7th, 2006 | Author: | Filed under: Textos | 2 Comments »

Tipo de menina líqüida, adaptação de esperteza maleável. Dona de beijo que não cansa a alma, qual massagem tailandesa em porções substanciosas.

Gosta de olhar o mundo como se lhe fosse um anexo. Attach me, pls, darling… De joelho dobrado, mantra pouco é sempre bobagem.

- De quanto em quanto tempo ela bebe água?

- De muito… ela quer ser magra, tá vendo o cor do olho não? Agora fica quieto, que se tocar, estraga…

É, conhecimento dos antigos… dragão atolado na lama diverte as rãs.


Dashboard

Posted: June 1st, 2006 | Author: | Filed under: Textos | 1 Comment »

Corre o vento e Mateus não sonha: distoa.

É que quando o amor desponta, nem com água, nem com conta…